quinta-feira, 24 de junho de 2010

Futebol é paixão


Zé Acácio se destacava como peladeiro no time de futebol da escola. Na hora do par ou ímpar para escolher os jogadores, quem primeiro era escolhido era ele. Era nisso que era bom. Nos estudos, não se pode dizer que era mau, era, digamos assim, mediano, aluno média 6. Com a bola nos pés, aí sim, era quase 10. Íamos todos estudar na casa de Zé Acácio. Tinha merenda todas as tardes e tinha Luzia Helena, irmã dele, por quem o time inteiro era apaixonado. No final do ano, torcíamos para que o reinício das aulas não demorasse tanto. Enquanto isso, todas as tardes íamos jogar bola num campinho enfrente à casa de Luzia Helena. Entre nós, jogadores, alguns detestavam futebol. Luzia Helena adorava assistir a nossos jogos.

Escrito por: Xico Bizerra.

5 comentários:

ebbrito disse...

E ainda tinha quem não gostava nem de futebol, nem de estudar mas, todo dia estava lá

FRANCISCO disse...

era a maioria, mané.

FRANCISCO disse...

esse francisco aí de cima sou eu, xico bizerra

ebbrito disse...

tinha tb, e ninguém entendia pq, quem só queria ficar no gol.
Depois descobriu-se que era pra ter mais tempo de olhar pra "janela fora do campo"

ebbrito disse...

eu quero lá saber de bola;
eu quero é jogar!!!!!!!!!!!!!!!!!!